Como se tornar o melhor diretor de filmes publicitários de todos os tempos em apenas 2 lições


Se você quer ser um diretor consagrado, com fama, glamour e reconhecimento, ou apenas pretende um estágio na área de produção cinematográfica neste fascinante mundinho da propaganda, preste muita atenção a estas duas lições infalíveis para começar a galgar e alcançar o sucesso.

Mas lembre-se, não existe mágica, nem milagre – estas lições só funcionarão se você realmente mergulhar de cabeça e se dedicar de corpo e alma a executá-las de cabo a rabo.

1ª Lição - Assista a todos os grandes filmes da história do cinema, ao menos três vezes cada um. Da primeira vez assista como plateia. Deixe-se envolver; ria, chore, emocione-se. Da segunda vez, procure entender o que te fez rir, chorar e se emocionar na narrativa. Como o diretor pegou na sua mãozinha e conduziu seus sentimentos ao longo do filme, que elementos de linguagem ele usou para isso. Da terceira vez, analise o filme. Indague qual a razão daquele plano, daquele corte, daquela luz; porque algo estava propositadamente dentro ou fora do quadro, e siga por aí quadro a quadro ou frame a frame; você entendeu o espírito da coisa. Claro que conhecer e estudar os diretores de cada um destes filmes e suas principais obras faz parte da lição de casa.

Alguns diretores consagrados começaram na publicidade: Ridley Scott, David Fincher e Zack Snyder. Cineastas como Federico Fellini, Ingmar Bergman, David Lynch, Michel Gondry e Wes Anderson, entre outros, também fizeram comerciais.

2ª Lição - Agora que você já domina a linguagem cinematográfica e é capaz de decodificar como cada um dos grandes mestres a utilizou em suas obras, para gerar, deliberadamente, as mais diversas emoções no público, você precisa aprender um pouco sobre as emoções e as paixões que movem os seres humanos. Ou seja, elementos, trama e gatilhos emocionais que podem sensibilizar a mim, a você e a todo nosso target. Para tanto, basta ler e entender a obra completa de Shakespeare (o que dá algo em torno de 38 peças e 148 sonetos, segundo a Wikipédia) e ouvir e sentir toda obra de Mozart (mais de seiscentas obras, também segundo a Wikipédia). E o melhor, você pode ler Shakespeare ouvindo Mozart. Mas, para melhorar sua cognição, sugiro que faça uma coisa de cada vez.

Poderia fazer uma lista imensa de filmes, autores e compositores mas, como o objetivo são dicas práticas, rápidas e factíveis, vou ficar só no bê-á-bá.

Isto não fará de você um grande diretor da noite para o dia mas, com certeza, você estará muito mais bem preparado que a maioria dos diretores de filmes publicitários que estão atuando no mercado. Mas não porque eles não sejam capazes de se superarem, é que nunca ninguém lhes deu estas dicas. Então corra, porque agora eles também já sabem.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Baucia Comunicação
  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn Baucia Comunicação
  • Vimeo Social Icon
  • YouTube Baucia Comunicação
  • Blogger Social Icon